Descobri que não temos 7 vidas.

27 Set

Fiquei “out” durante estes dias, pois meu marido quase ficou “out”  por um probleminha no coração. CORAÇÃO? Me perguntavam. Sim, coração! Meu marido é jovem, tem quase 40 anos, magro, pratica esporte regularmente, tem uma alimentação super balanceada, mas teve um problema de “fabricação” no coração, algo simples, mas que para chegar a esta conclusão, nos rendeu 12 horas no PA + 2 dias na UTI + 1 dia no quarto de hospital, saldo final = um coração consertado e várias reflexões! Hoje ele retornou ao trabalho e passa muito bem.

Durante os dias em que meu marido esteve no hospital, tentei não alterar muito a rotina das meninas, para que elas não estranhassem e não sentissem toda tensão. Pedi ajuda à família e aos amigos, para tentar distraí-las ao máximo, aliás nestas horas temos que deixar de lado aquela mania de não querer incomodar ninguém e pedir socorro. Me dividi em duas para estar no hospital e estar junto delas para que não sentissem a minha falta também. Mesmo com tudo isso, estas criaturinhas incríveis sofrem caladas e até escondem suas preocupações atrás de um sorriso, e quando a gente menos espera, elas desabam em lágrimas quando ouvem a voz do pai ao telefone e pedem desesperadas: “Pai, volta logo para casa!”. Foi desta frase que senti, ao mesmo tempo fraqueza, por não ter 7 vidas, e força, por querer me cuidar para estar sempre ao lado delas. A vida não é só minha, é delas também. Sei que existem pessoas que crescem e sobrevivem sem a presença dos pais, mas sei também o quanto é difícil este caminho sem eles. Não vou facilitar ao acaso, vou fazer o meu melhor, vou atrás daquela dieta para controlar meu colesterol, vou curtir os momentos mais entediantes do dia a dia, vou agradecer mais, vou fazer menos promessas para poder cumprir todas, vou me estressar menos com os “xiliques”, vou tentar ser uma pessoa, não melhor (já sou ótima…rarara), mas diferente (e modesta).

Desta experiência, deixo minhas dicas:
– Depois de marcar todas as visitas médicas das crianças, fazer meu próprio check-up.
– Fazer 1 atividade física.
– Vale a pena iniciar aquela dieta, não somente para entrar naquele vestido lindo, mas para controlar a diabete, colesterol, pressão.
– Continuar rezando, agradecendo e acreditando que existe uma força maior, um Deus maravilhoso que está sempre ao nosso lado, principalmente nas horas mais difíceis.
– Ter um bom medidor de pressão em casa.
– Cultivar a família e as amizades.
– Pedir ajuda.
– Carpe diem!

Anúncios

Uma resposta to “Descobri que não temos 7 vidas.”

  1. Debora 27 de Outubro de 2011 às 23:55 #

    Agradecer mais e reclamar menos… precisamos sempre fazer nisso! Mais gratidão e menos murmuração… somos humanos, eu sei que é dificil, mas precisamos lembrar que Deus está sempre no comando de tudo. 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: